Teatro Folha  
 

Área Público VIP

Cadastre-se e tenha acesso a conteúdos e promoções exclusivas Cadastrar
Esqueci a senha
Chapeuzinho Vermelho


Estreou 17/08/2002

Temporada até 15/12/2002

 

 


O Espetáculo

Após surpreender público e crítica com uma versão inovadora clássico "Chapeuzinho Vermelho", a cia Le Plat du Jour agora faz temporada de sucesso no Teatro Folha.

Alexandra Golik e Carla Candiotto são duas palhaças que, utilizando uma linguagem cênica própria e ousada, descobrem um armário cheio de chapéus que as levam a uma grande brincadeira. Ao colocar estes chapéus, elas dão vida aos personagens da história e fazem um espetáculo inteligente e divertido.

 

Trajetória

Esta "empolgante dança de chapéus", segundo a crítica, começou sua trajetória em 2000, quando entrou em cartaz no Teatro Cultura Inglesa. Após uma temporada de sucesso, realizou turnês por todo o estado de São Paulo em teatros do Sesi e do Sesc, além de participar de Festivais como o de Curitiba, por exemplo.

Em 2001, "Chapeuzinho Vermelho" recebeu o Grande Prêmio da Crítica pela APCA (Associação Paulista dos Críticos de Arte) e cinco indicações ao prêmio PNAMCO nas categorias: melhor espetáculo infantil, melhor cenário, melhor figurino, melhor atriz para Alexandra Golik e melhor atriz para Carla Candiotto, além de receber o prêmio " Leva ao Teatro" oferecido pela PANAMCO.

 

Críticas

"Le Plat du Jour diverte e inova em sua versão do clássico infantil Chapeuzinho Vermelho. Esse casamento tradição-inovação é feito na peça de forma exemplar: inteligente e coerente." (Dib Carneiro - O Estado de São Paulo)

"Atrizes são o destaque do Chapeuzinho. Dentro de uma história coerente, bem contada, que obedece à sequência original, as únicas atrizes do espetáculo, Carla Candiotto e Alexandra Golik, mantêm a plateia atenta praticamente com o trabalho do ator." (Mônica Rodrigues da Costa - Folha de São Paulo)

"Essa montagem surpreende adultos e crianças. A cia. Le Plat du Jour apresenta versão pouco convencional da história." (Revista Veja São Paulo)

 

Histórico

Chapeuzinho Vermelho é um dos contos de fala mais conhecidos e populares em todo mundo. Há versões do conto, que remontam ao ano de 1023, como a história latina de Egberto chamada Fecunda Ratis. Já na mitologia grega temos uma versão exemplificada no mito de Cronos.

Em 1812,os Irmãos Grimm dão a Chapeuzinho Vermelho uma versão definitivamente popular. Nela fica clara a luta desta criança como problemas pubertais para os quais não está preparada emocionalmente, pois não solucionou os problemas edípicos.

Chapeuzinho lida com a ambivalência infantil entre viver pelo princípio do prazer e o princípio da realidade. Nesta versão, Chapeuzinho Vermelho é engolida pelo lobo mas retorna à vida uma vez que é salva pelo caçador. Há, desta forma, um aprendizado a partir das experiências vivias e assimiladas de fato pela personagem, que perde sua inocência infantil para renascer num plano superior de existência. É a passagem da fase de criança para outra fase: a de uma jovem donzela.

A partir desta panorâmica histórica e sobretudo baseados na versão dos Irmãos Grimm, surgiu a versão de Le Plat du Jour para Japeuzinho Vermelho.

 


Elenco

Alexandra Golik e Carla Candiotto



Fotos

 

chapeuzinhovermelhochapeuzinhovermelhochapeuzinhovermelhochapeuzinhovermelho

 



Ficha Técnica

 

Criação, Adaptação e Roteiro: Le Plat du Jour

Texto: Le Plat du Jour

Direção e Cenário: Fernando Escrish

Adereços: ABC em Cena

Iluminação: Rodrigo Matheus

Figurino: Kleber Montaneiro

Trilha Sonora: Le Plat du Jour

Arte: Cynthia Vasconcellos

Produçaõ e Realização: Le Plat du Jour

 

 
Banner
Banner
Banner
rodape
Alpha FM Gabel 68 1900 Set Grafica america Galetos Wraps Folha CSN Pro Security Alucar Conteudo Teatral Wickbold Dudalina Netshoes