Teatro Folha  
 

Área Público VIP

Cadastre-se e tenha acesso a conteúdos e promoções exclusivas Cadastrar
Esqueci a senha
Chapeuzinho Vermelho


Estreou 17/08/2002

Temporada até 15/12/2002

 

 


O Espetáculo

Após surpreender público e crítica com uma versão inovadora clássico "Chapeuzinho Vermelho", a cia Le Plat du Jour agora faz temporada de sucesso no Teatro Folha.

Alexandra Golik e Carla Candiotto são duas palhaças que, utilizando uma linguagem cênica própria e ousada, descobrem um armário cheio de chapéus que as levam a uma grande brincadeira. Ao colocar estes chapéus, elas dão vida aos personagens da história e fazem um espetáculo inteligente e divertido.

 

Trajetória

Esta "empolgante dança de chapéus", segundo a crítica, começou sua trajetória em 2000, quando entrou em cartaz no Teatro Cultura Inglesa. Após uma temporada de sucesso, realizou turnês por todo o estado de São Paulo em teatros do Sesi e do Sesc, além de participar de Festivais como o de Curitiba, por exemplo.

Em 2001, "Chapeuzinho Vermelho" recebeu o Grande Prêmio da Crítica pela APCA (Associação Paulista dos Críticos de Arte) e cinco indicações ao prêmio PNAMCO nas categorias: melhor espetáculo infantil, melhor cenário, melhor figurino, melhor atriz para Alexandra Golik e melhor atriz para Carla Candiotto, além de receber o prêmio " Leva ao Teatro" oferecido pela PANAMCO.

 

Críticas

"Le Plat du Jour diverte e inova em sua versão do clássico infantil Chapeuzinho Vermelho. Esse casamento tradição-inovação é feito na peça de forma exemplar: inteligente e coerente." (Dib Carneiro - O Estado de São Paulo)

"Atrizes são o destaque do Chapeuzinho. Dentro de uma história coerente, bem contada, que obedece à sequência original, as únicas atrizes do espetáculo, Carla Candiotto e Alexandra Golik, mantêm a plateia atenta praticamente com o trabalho do ator." (Mônica Rodrigues da Costa - Folha de São Paulo)

"Essa montagem surpreende adultos e crianças. A cia. Le Plat du Jour apresenta versão pouco convencional da história." (Revista Veja São Paulo)

 

Histórico

Chapeuzinho Vermelho é um dos contos de fala mais conhecidos e populares em todo mundo. Há versões do conto, que remontam ao ano de 1023, como a história latina de Egberto chamada Fecunda Ratis. Já na mitologia grega temos uma versão exemplificada no mito de Cronos.

Em 1812,os Irmãos Grimm dão a Chapeuzinho Vermelho uma versão definitivamente popular. Nela fica clara a luta desta criança como problemas pubertais para os quais não está preparada emocionalmente, pois não solucionou os problemas edípicos.

Chapeuzinho lida com a ambivalência infantil entre viver pelo princípio do prazer e o princípio da realidade. Nesta versão, Chapeuzinho Vermelho é engolida pelo lobo mas retorna à vida uma vez que é salva pelo caçador. Há, desta forma, um aprendizado a partir das experiências vivias e assimiladas de fato pela personagem, que perde sua inocência infantil para renascer num plano superior de existência. É a passagem da fase de criança para outra fase: a de uma jovem donzela.

A partir desta panorâmica histórica e sobretudo baseados na versão dos Irmãos Grimm, surgiu a versão de Le Plat du Jour para Japeuzinho Vermelho.

 


Elenco

Alexandra Golik e Carla Candiotto



Fotos

 

chapeuzinhovermelhochapeuzinhovermelhochapeuzinhovermelhochapeuzinhovermelho

 



Ficha Técnica

 

Criação, Adaptação e Roteiro: Le Plat du Jour

Texto: Le Plat du Jour

Direção e Cenário: Fernando Escrish

Adereços: ABC em Cena

Iluminação: Rodrigo Matheus

Figurino: Kleber Montaneiro

Trilha Sonora: Le Plat du Jour

Arte: Cynthia Vasconcellos

Produçaõ e Realização: Le Plat du Jour

 

 

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Banner
Banner
Banner
rodape
Alpha FM Gabel 68 1900 Set Grafica Nutty Bavarian america Galetos Wraps Folha CSN Pro Security Alucar Conteudo Teatral Wickbold Dudalina Netshoes Movida Ativa Log