Teatro Folha    

Área Público VIP

Cadastre-se e tenha acesso a conteúdos e promoções exclusivas Cadastrar
Esqueci a senha
Escola Aguinaldo Silva no Teatro Folha



A Escola Aguinaldo Silva de Atuação oferece aulas livres de atuação para crianças, jovens e adultos, com montagem de espetáculo no final do curso. As aulas são ministradas por Einat Falbel, sob coordenação de Julia Carrera e supervisão de Aguinaldo Silva, no Teatro Folha, Shopping Pátio Higienópolis, às segundas, de março a novembro de 2017. Com duração de 1h50, as aulas oferecem algumas abordagens sobre o trabalho criativo do ator, incluindo o jogo das máscaras e técnicas de audiovisual (com utilização de equipamentos que simulam o estúdio de gravação). O aluno poderá participar da aula inaugural com Aguinaldo Silva, terá livre acesso às palestras e entrevistas com convidados e ganhará um certificado de participação no final do curso.


INSCRIÇÕES:

Inscrições a partir de 09/01 (via internet)
Plantão para inscrições presenciais de 18/01 a 22/01 de 16h às 20h
Os interessados devem escrever para Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. e solicitar a ficha de inscrição do curso.


DATAS:

Aulas de março a novembro, às segundas
Início das aulas: 06 de março


LOCAL:

Teatro Folha
Shopping Pátio Higenópolis


VALORES:

Inscrição: R$300,00
09 Mensalidades (março a novembro): R$400,00
Taxa de Montagem: R$300,00 (parcelado em 3 meses)


HORÁRIOS E TURMAS:

11h às 12h50: a partir de 18 anos
14h às 15h50: de 08 a 11 anos
16h às 17h50: de 12 a 17 anos
18h às 19h50: a partir de 18 anos
20h às 21h50: a partir de 18 anos


O CURSO:

Pelo dicionário “atuar” significa “representar; exercer um papel como ator ou atriz”, mas também significa “agir; realizar certa atividade; desempenhar uma ação; possuir como ofício; influir; exercer influência; contribuir; ser parte num efeito.” Portanto, “atuar” é muito mais do que representar um papel/personagem/obra. Nas constantes e rápidas transformações que vivemos, o que se espera de cada um é uma capacidade de flexibilização cada vez maior, para que os indivíduos possam “atuar” de forma concreta como cidadãos. Empreendedorismo, criatividade e trabalho coletivo, por exemplo, são imprescindíveis na nossa sociedade, e são habilidades que estão no cerne do ato criativo.
Somos apaixonados pelo fazer artístico, pelo ato de criação.  Aqui, acreditamos que cada um pode ser um artista singular e deve trilhar seu próprio caminho, e é nosso dever contribuir para desenvolver indivíduos cada vez mais autônomos, autores de suas próprias trajetórias. Por isto, estamos abertos para receber alunos interessados em agir, contribuir, influir, operar, representar, ou seja, “atuar”.
A ideia principal da nossa escola é oferecer um espaço de  experimentação e estudo dirigidos, visando uma aproximação com o universo das artes cênicas e do audiovisual, através de um recorte humanista e focando o trabalho do ator como dispositivo inicial. O que queremos é ajudar a tornar consciente o “artista potencial” de cada indivíduo, no estágio em que estiver, incentivando a confiança, a autonomia e a autoralidade de cada um, através da arte de atuar.
Achamos que o fazer artístico, como qualquer pesquisa, tem um ponto de partida mas não um ponto de chegada, portanto nosso curso não tem um término definido. Durante o processo de formação modificam-se os saberes, as condições, as idades, as opiniões, mas o que queremos fixar é o gosto pelo processo criativo e a confiança em si próprio, para que cada um possa levar estas ferramentas pela vida afora.


PROFESSORA:

Einat Falbel

Atriz, bailarina, diretora, professora de interpretação e expressão corporal para atores.
Formou se em Licenciatura Teatro – Educação na Faculdade de Artes Alcântara Machado, em 1992. Formou-se em Artes Cênicas, em 1992, pelo Teatro Escola Célia Helena e neste mesmo ano foi convidada para fazer parte do Grupo TAPA (direção e coordenação de Eduardo Tolentino de Araújo). Fez parte do elenco fixo do Grupo durante sete anos, atuando nas seguintes montagens: Vestido de noiva, de Nelson Rodrigues, direção de Eduardo Tolentino (1992/93/94); Casa de orates, de Aluízio e Arthur Azevedo, direção de Brian Penido (1995); Morte e vida Severina, de João C. de M. Netto, direção de Silnei Siqueira (1995); ; Moço em estado de sítio, de Vianinha, direção de André Garolli e Eduardo Tolentino (1997/1998); Ivanov, de Anton Tcheckov, direção de Eduardo Tolentino (1999/2000/01); O Telescópio, de Jorge Andrade, direção de Zé Carlos Machado (2000); As Viúvas, de Arthur Azevedo, direção de Sandra Corveloni (2000), O Califa da rua do sabão, de Arthur Azevedo, direção de Norival Rizzo.
Ingressou na Cia do feijão, atuando nos espetáculos: O ó da viagem, Movido a feijão, Antigo 1850, todos com direção de Pedro Pires, de 2000 a 2004. Na Escola Livre de Santo André, atuou em Crime e Castigo (2004). No Nosso Grupo de Teatro, atuou em A alma sem menino (2003-2005) e Ensaio para inverno (2005/06), ambos com direção e autoria de Tony Giusti, sendo o último em parceria com a Confraria das Pequenas Mentiras. Na Cia do Ator Careca, atuou em Fracasso, de Alberto Guiraldelli, direção de Mônica Grando. Com o Núcleo Experimental, atuou em Senhora dos Afogados, de Nelson Rodrigues, direção Zé Henrique de Paula. Enquanto isso , trilogia de Alan Ayckburn, direção de Isser Korik.
Atuou em diversos filmes publicitários, entre eles lençóis e toalhas Santista, Pálio Exl,,Claro, Omo como dubladora e locutora Coelhinho Sabido, Abecs, Del Valle entre outros. No média metragem Os penúltimos serão os segundos, de Sung Sfai e nos longa metragens O Ano em que meus pais saíram de férias, de Cao Hamburguer (2005/2006), Lula,o filho do Brasil, de Fabio Barreto, 2009.
Atuando como professora de Expressão Corporal no Teatro Escola Célia Helena desde 2011. Workshops na Pós Graduação de Corpo e preformance da Faculdade de Artes Cênicas Célia Helena.
Pós graduação em Direção Cênica, pela Faculdade de Artes Cênicas Célia Helena.

Como diretora:
Teatro Escola Macunaíma de 2001 a 2011, dirigiu diversas montagens entre elas ; O Doente imaginário, A capital federal, Decote, Maldita parentela, Juízo final, Anjo Negro entre outros. Preparação de atores em Com amor Brigitte direção de fabio Ock.
Pós-Man de Tony Giusti, Essa Moça, conversando com Tom Waits ainda acordado em Istambul de Alberto Guiraldelli, Parloung Song de Jez Butterworth, Deixe me contar de novo de Caio Fernando Abreu. Ministrou a oficina Alma de cetim, estudos sobre a peça Lua de Cetim de Alcides Nogueira no Núcleo Experimental. Só mais uma, adaptação da obra de Dorothy Parker, oficina e direção. Ministra oficinas de preparação de atores para Cia Nissi desde 2011.
Direção cênica dos espetáculos de dança da escola Promenade desde 2005.

Últimos trabalhos em Teatro, cinema e tv:
Bichado de Tracy Letts Direção Zé Henrique de Paula (2012/ 2015) , Senhora dos Afogados (2007/ 2012 ), No coração do mundo de Tony Kuschner, (2013) Núcleo Experimental sob a direção de Zé Henrique de Paula, Ensaio para Inverno ( 2006 /2013) Direção de Tony Giusti, Las perras ( 2013) Direção Fabio Ock, Animais de hábitos noturnos Direção de Robson Fênix (2014/2015), Dissecar uma nevasca de sara stridsberg direção de Bin de verdier.
A série da HBO O Negócio ( Mixer 2012/2015 3 temporadas) , La noche anuncia la aurora, média metragem Venezuela direção de Gerard Uzcategui 2011, Metanóia Longa metragem 2013 4u filmes, direção de Miguel Nagle , Carinha de anjo SBT, Seja bem vindo Curta Metragem sob a direção de Lucas Piloto 2016, Série Canal Space A lei ( ainda para estrear).
Atualmente em processo de criação dos espetáculos Café Azedo de Paula Mandel (como atriz e diretora com a Confraria de pequenas mentiras) e As três irmãs de Anton Tchekhov sob a direção de zé Henrique de Paula.( Núcleo Experimental )

 
Banner
Banner
Banner
rodape

Gabel Radio Bandeirantes Nutty Bavarian Tea Hub Galetos 1900 Folha CSN Pro Security Conteudo Teatral Sil Rehau Owen Illinois Andritz Consigaz NR Nova Chevrolet Canon INPAO Privalia Tapioca do Quintal Mash